Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Mostrando postagens com marcador Mamíferos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mamíferos. Mostrar todas as postagens

Friagem provoca resfriado?

Olha os pés descalços!
Se agasalhe, menina!

São frases de alerta que as mães falam para os filhos para evitar um resfriado! 

Mas será mesmo que o frio causa resfriado? Para a decepção de algumas mães, o frio não provoca resfriado. Não mesmo!



O resfriado é uma doença viral, ou seja, é causada por vírus e não pelo frio!!!

Calma ai, antes de ir reclamar com sua mãe, saiba que ela tem um quê de razão. 

Recentemente, um estudo da Universidade de Yale verificou que os vírus do resfriado se reproduzem, principalmente, em temperaturas mais baixas.

Isso ocorre devido ao nosso sistema de defesa diminuir a eficiência em partes frias do corpo, como no nariz. 



O nariz é a porta de entrada dos danadinhos dos vírus do resfriado e estes, que não são bobos, aproveitam a falha do nosso sistema de defesa e se proliferam!

Então, cubra-se no inverno e mantenha seu nariz aquecido!


Por que o elefante é tão gordo, se ele é herbívoro?

Fonte da tirinha: mentirinhas.com.br
Muito de vocês têm dúvidas por que alguns animais que são herbívoros, como elefantes, vacas e rinocerontes são tão grandes.


Está dúvida é recorrente, pois se tivéssemos um dieta parecida ao do elefante, comendo apenas verduras, ficaríamos muito magros e desnutridos, já o elefante é gigante.

Por que será que isso ocorre?

As folhas são constituídas principalmente por fibras. 



Muitos constituintes das fibras não são digeridos pelos seres humanos, como as celuloses. Como a maior parte das folhas são constituídas por celuloses, os vegetais têm baixa caloria.

Porém, herbívoros conseguem digerir essas fibras, pois possuem em suas floras intestinais microrganismos que possuem enzimas que degradam a celulose. 

Assim, uma folha de alface para um elefante é como se fosse um bife, para você, humano.

Entenderam? 

Mas, vamos tentar corrigir uma outra confusão. Veja bem o elefante não é gordo, ele é grande. Ser gordo é diferente de ser grande. 

Vamos tentar entender.

Ser gordo ou obeso é está acima do peso considerado ideal para aquela espécie,  podendo acarretar graves problemas de saúde.



Cada espécie possui um "biotipo típico": alguns animais são altos, como a girafa; outros possuem um volume imenso, como elefantes, mas são características da espécie. Por isso, em termos de obesidade nunca devemos comparar um elefante a um cachorro ou a um humano. 









Desafio biológico II: Descubra o que há em comum


Olhando as fotos dos vegetais abaixo, veja se você consegue adivinhar o que há em comum entre eles.

File:Cauliflower.JPG
Couve-flor


Repolhos

Ficheiro:Broccoli and cross section edit.jpg
Brócolis


Couve manteiga

Não conseguiu? Vou dá uma dica: O que há em comum nos vegetais acima e a mesma resposta para o que há em comum nos animais abaixo:




E ai descobriram? Vamos parar de enrolação e vamos a resposta:


Você deve ter percebido que os animais lá em cima são todos cachorros, certo? Então, são todos da mesma espécie. Da mesma forma que os vegetais lá em cima são a mesma planta: Brassica oleracea!

Muito de vocês podem até está duvidando que repolho e couve-flor são a mesma planta, mas tem uma explicação.

Vamos tentar entender:

Os seres humanos selecionam características que os convém nos animais e plantas. Se o que interessa de uma planta são as folhas, eles selecionaram sempre indivíduos com folhas vistosas e assim por diante.

Este processo (seleção artificial) ao longo de muitas gerações gera indivíduos muitos diferentes do original. Em alguns casos, entra em discussões, se ainda são da mesma espécie.

Vejam mais exemplos abaixo:

Variedades de milhos

Variedades de pimentas
Na imagem só há 5 diferentes plantas do gênero Capsicum
Importante destacar Capsicum annuum que inclui Pimentões e pimentas como jalapenho. 



Pimenta jalapenho (Verde) e pimentão (Vermelho)




E ai queridos leitores, entenderam? alguma dúvida? Comente abaixo...

Recordes felinos I


O gato vivo mais velho do mundo é uma gata chamada Kataleena Lady que vive em Melbourne, Austrália. Segundo o "Guinness Book", ela nasceu em 11 de março de 1977 (34 anos).

Kataleena Lady e sua dona

Já o gato que viveu mais, foi Creme Puff de Austin (Texas); ele viveu 38 anos (03/08/1967 à 29/11/2005).

Essa é fácil: Quem é o gato mais gordo?



 Desculpa Garfield, mas o gato Himmy da Austrália ganhou essa!

 Infelizmente, o pobre gato viveu apenas 4 anos, falecendo devido a seu peso em excesso: 20,7Kg. Himmy tinha esse peso por causa do hipotireoidismo.


Este record não é mais registrado pelo Guiness; atualmente, há alguns relatos de gatos com mais de 40Kg!

CONTINUA...

Curiosidade: O menor gato do mundo!


Segundo o "Guinness Book of World Records", Mr.Peebles é o menor gato do mundo; ele pesa em torno de 1kg e tem 15,5cm de comprimento.

  Gato Mr. Peebles


 Mr.Peebles vive em uma clínica veterinária em Illinois (Estados Unidos) e veterinários acreditam que o seu tamanho é devido a uma mutação genética que atrasou o crescimento do animal. Porém, este recorde pode ter sido quebrado pela gata Bitsy, um pouco menor que Mr. Peebles.  

Gata Bitsy





Cruzamento do Pato Donald com Mickey?



Jerboa pigmeu (Salpingotulus michaelis) é um roedor pertencente a ordem Rodentia (a mesma dos camundongos). Habitam regiões desérticas do Afeganistão e do Paquistão. São animais de porte pequeno pesam cerca de 3g e trata-se do menor roedor do mundo!

Jerboa pigmeu

São bastante peculiares, por seu jeito de andar (lembram cangurus) e aparência ("meio" camundongo, ave e canguru). Vejam no video abaixo:




Atualmente, vem sendo apreciado como animais de estimação, principalmente por japoneses, porém correm sério risco de extinção, a última vez que foi visto na natureza foi em 2003.

Lebre e coelho: Qual é a diferença?



Então vamos lá:

Os coelhos, assim como as lebres, pertencem à família Leporidae. Porém as lebres são animais um pouco diferentes, além de pertencerem apenas a três gêneros CaprolagusPronolagus e Lepus, há várias características que as distinguem dos coelhos. 

Lebres são excelentes corredoras:


 Já os coelhos estão mais para tartarugas... Brincadeira!


Lebres nunca fazem tocas e dão a luz em ninhos feitos no chão mesmo. 


Já coelhos usam a toca para se proteger e dão a luz a filhotes sem pêlos e cegos com olhos fechadinhos:


Já as lebres nascem com os olhos bem abertos e possuem pêlos. Aliás, já nascem podendo correr e prontas para se protegerem.


Além disso, lebres são bem maiores do que coelhos e suas patas traseiras são bem compridas. É importante salientar, que coelhos são animais muito sociais e lebres vivem em pares.


Você seria capaz de dizer quem é a lebre e quem é o coelho?


Resposta: Acima temos uma lebre e abaixo um coelho!