Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cultivando pedras


Para alguns, este vaso da figura abaixo é um vaso de pedrasMas, se você olhar atentamente, observará que se trata de um belo vaso de plantas.

Belo vaso de pedras... ops, de plantas. 

Trata-se de plantas suculentas, anãs, nativas do sul do continente africano e pertencentes ao gênero Lithops

São bem peculiares ao se parecem com pedras, por isso são conhecidas popularmente por pedras vivas ou plantas pedras (do grego lithos=pedra e ops=forma). 

Esta característica não é à-toa, pois ajuda as plantas se "esconderem" entre as pedras, ajudando a enganar os famintos herbívoros.

Em destaque, plantas do gênero Lithops
(Fonte: http://www.lithops.info/)
Lithops possuem apenas duas folhas, quase não possuem caules, não precisam de muita água para viver (muitas vezes contando apenas com a umidade do ar) e, como pode ser observado na foto abaixo, diferem em cores. 

Diversidade de cores das plantas do gênero Lithops. 
(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lithops)

Como vimos, estas plantinhas são bem sucedidas em passar despercebidas, mas na época da reprodução em outono, elas se mostram e muito! Vejam que belas flores:

Flores de Lithops (Fonte: http://www.lithops.info/)

Quando eu diminuir, eu quero ser...


Pode parecer estranho, mas a "rã-paradoxal" (Pseudis paradoxa) recebe este nome, pois quando girino pode medir cerca de 25 cm (maior girino do mundo!), mas ao se transforma em rã... adivinhem? Este "girinão" vira rãzinha, medindo cerca de 6 cm! 

"rã-paradoxal" vive em lagos, lagoas e pântanos da América do Sul, inclusive no Brasil. Alimenta-se principalmente de algas e pequenos invertebrados aquáticos.


Comparação entre o tamanho do girino com o adulto de Pseudis paradoxa (Foto modificada de http://www.guy-sports.com/humor/pictures/picture_frogs.htm)

Adulto de Pseudis paradoxa (Foto: wikipedia).

Girino de Pseudis paradoxa.

Vídeo mostrando o adulto e o girino de Pseudis paradoxa:

Alface, cenoura, batata... têm flores?


É uma pergunta intrigante para muitos, já que consumimos em nossas refeições essas folhas, raízes ou caule e raramente temos contato com suas singelas flores. Por que será?

É simples, muitas vezes, agricultores evitam que a planta floresça, pois há o desvio de reservas para formar as flores e frutos, consequentemente pode haver perdas de até 60% da matéria orgânica que nós usamos.

Então, vamos apreciar algumas dessas flores desconhecidas:


Alface (Lactuca sativa)

Cana-de-açúcar (Saccharum sp.)

Hortelã (Mentha spicata)

Coentro (Coriandrum sativum)

Cenoura (Daucus carota)

Batata (Solanum tuberosum)

Cebola (Allium cepa)


Mandioca (Manihot esculenta)

Rúcula (Eruca sativa)

*Para ver as fontes das imagens, clique nos nomes populares

A música antes do gravador de som



O primeiro gravador de som foi inventado em 1877 por Thomas Edison.  O primeiro som gravado por Edson foi sua própria voz recitando o poema  "Mary Tinha uma Ovelhinha"


Este fato por si só, pode ser banal ou simplesmente curioso, mas parem para pensar: se o primeiro som foi gravado apenas em 1877, isso quer dizer que não há registros de Mozart (Morreu em 1791) ou Beethoven (Morreu em 1827) tocando suas próprias sinfonias, ou seja, só há "covers" destas músicas! 

File:Wolfgang Leopold Nannerl.jpg
 Mozart e sua família em turnê. Hoje as turnês podem ser eternizadas em DVDs

Inevitavelmente, os compositores eram mais famosos do que os cantores, pois as composições poderiam ser eternas, já os cantores ou instrumentistas morriam e levavam para o túmulo seu legado. 

Hoje as músicas marcam gerações muito rapidamente; podemos ver nítidas diferenças no gosto musical em intervalos curtos de 10 anos! Pois graças as gravações, a música se tornou mais acessível, influenciando muito mais nossas relações sociais. 

Sucesso em 1990 (Kaoma)

Sucesso atualmente (Restart)


Olhando o passado, percebemos que o mundo antes de 1877 era mudo para os registros históricos. É uma pena temos apenas imagens como registros musicais dos povos antigos.


Gravura de músicos do antigo Egito



Conjunto grego tocando harpa, cítara e lira


Já eu, só tenho a agradecer a Thomas Edison, pois posso escutar Ramones a qualquer momento. Mesmo o Joey, o DeeDee e o grande Johnny já terem falecidos.



Para quem gostou do tema: abaixo a primeira música gravada no Brasil.